terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O que é Bulimia? Como tratar, quais os sintomas e os riscos que ela traz a nossa saúda?

Bulimia, segundo definições exatas do dicionário, é: uma irregularidade na digestão caracterizada por fome insaciável; muita fome. Essa definição tornou-se adequada para descrever o transtorno alimentar de que sofrem pessoas de todas as raças, idades e sexo. A grande peculiaridade de que caracteriza a bulimia é a impulsão momentânea que a pessoa sente em comer tudo o que vê na sua frente. Logo após a ingestão desenfreada, a pessoa sente-se culpada e tem a necessidade, quase que imediata, de vomitar e ou evacuar todo o alimento ingerido durante o momento de compulsão. Muitas vezes, para tal fim, usando de métodos e medicamentos nocivos à saúde.

O transtorno tem por incidência maior as mulheres mais jovens, embora, mais raramente, possa ocorrer em homens, e mulheres com mais idade. A família muitas vezes pode ter dificuldade em detectar o problema, pois, diferente da anorexia (onde se há grande perda de peso) a pessoa bulímica pode não perder peso algum.


Ha dois tipos de bulimia: A Bulimia e A Bulimia Nervosa.

Bulimia: Bulimia é o transtorno alimentar caracterizado por episódios recorrentes de "orgias alimentares", no qual o paciente come num curto espaço de tempo grande quantidade de alimento como se estivesse com muita fome. O paciente perde o controle sobre si mesmo e depois tenta vomitar e/ou evacuar o que comeu, através de artifícios como medicações, com a finalidade de não ganhar peso.

Bulimia Nervosa: Bulimia nervosa é uma disfunção alimentar. Tem incidência maior a partir da adolescência e prevalência de 3 a 7% da população, embora seja difícil mapear o real número de pessoas que sofrem da doença, uma vez que ela está cercada de preconceitos e é difícil para o próprio doente confessar seu problema.


Sintomas da Bulimia:


  • Inflamação na garganta. (de tanto forçar o vômito)
  • Rosto inchado e dolorido. (porque as glândulas da saliva incham)
  • Muitas cáries nos dentes. (os dentes vão ficando horríveis)
  • Desidratação, dores nos músculos e câimbras.
  • Sangramento do esôfago.
  • Prisão de ventre crônica.
  • Hemorroidas.
  • Rompimento do estômago.
  • Problemas no coração.
Causas da Bulimia: Sua causa tem fator indeterminado, pois, muitas variáveis atuam sobre sua origem. Tanto a bulimia como a anorexia podem ser decorrentes de fatores psicológicos, culturais, sociais e biológicos. Embora, em todos os casos, a implicação psicológica está presente como um fator base para seu desenvolvimento: as crises de bulimia podem acontecer por conflitos de identidade, baixa auto-estima etc.

Como Tratar: O tratamento multidisciplinar é o mais adequado: psicoterapia individual ou em grupo, farmacoterapia e abordagem nutricional em nível ambulatorial.

As medicações antidepressivas para estabilização do humor (ansiedade, depressão, sintomas obsessivos) também têm se mostrado eficazes no controle da bulimia. “É importante frisar que a abordagem puramente psiquiátrica no tratamento não é suficiente. É necessária uma terapia multidisciplinar”, ressalta o psiquiatra. A abordagem nutricional visa estabelecer um hábito alimentar mais saudável.

“Raramente a paciente procura ajuda. A iniciativa é sempre de outras pessoas, normalmente familiares”, afirma o médico. A orientação e/ou terapia familiar é necessária já que a família desempenha um papel muito importante na recuperação do paciente.

Extra
Desabafo de uma ex-bulímica: 

Não acho que faria muito sentido dizendo quem sou, não acho que isso mudaria a vida de ninguém e também não acho que me orgulharia dizendo o meu nome, então apenas irei manter em anonimo.

Sempre tive um peso superior comparada as outras meninas da minha idade, isso me incomodava é claro, mas não era nada que me deixasse neurótica, eu conseguia conviver bem com isso, sabe meu peso. Tinha amigas e elas não  ligavam se eu era gordinha ou não, elas simplesmente me aceitavam. Mas de repente minha vida começou a mudar, devido ao trabalho do meu pai tivemos que nos mudar para o centro de São Paulo. E me mudei para um lugar bem diferente comparado aonde vivia. Fui para um colégio novo, com pessoas bem diferentes, mas no meio de tantas pessoas uma me chamou a atenção, um garoto, foi como amor a primeira vista, mas é claro ele nunca olharia para uma garota como eu.Então foi ai que tudo começou.

Eu vomitei, falei comigo mesma "Tenho certeza se você for uma garota magrinha ele vai olhar pra você, como ele olha pras garotas magras". Essa foi a prior coisa que poderia te dito a mim mesma. Alguns dias depois eu estava sozinha em casa, me tranquei no meu quarto com salgadinhos, batata frita, refrigerante, pipoca, chocolate, essas besteiras que as pessoas gostam de comer como aperitivo. Eu comi tudo. Depois disso senti que meu estomago iria explodir, depois corri pro banheiro e coloquei tudo pra fora, os dias foram passando e isso começou a virar algo comum. Mas ninguém notou, porque eu ainda continuava comendo como louca. Eu comecei a vomitar no colégio, algumas meninas notaram o que eu estava fazendo, e ai sim que eu não conseguia mais fazer nenhuma amiga, comecei a achar que me achavam estranha devido ao meu peso. Eu já me sentia fraca, mas ainda me via gorda. Cheguei até ao ponto de tomar remédio pra remoção do que eu comia. Mas parecia que não funcionava direito. Um dia no colégio no meio da aula pedi pra professora pra ir ao banheiro, então eu fui e comecei a força o vomito, ouvi passos e achai que era alguma menina, mas depois que eu sai do WC, vi que era uma funcionaria da faxina, ela me olhou como se eu fosse de outro mundo. Eu ainda não entendi o que aconteceu direito mas o que a entender foi que ela disse com o pessoal da direção do colégio, e eles falaram com algumas das meninas da minha turma, e algumas delas falaram que já havia me visto vomitando ou ao menos tentando força o vomito. O pessoal da direção nem tentou falar comigo, preferiram falar direto com meus pais.

E foi ai que eles descobriram tudo. Minha mãe terminou achando os remédios que eu tomava, e o que mais me deixou surpresa foi que ela demorou quase sete semanas pra notar. Ela ficou triste, e eu não entendi o porque, sabe por que ficar triste por uma decisão que eu tomei. Tive que começar tratamento com psicólogas e psiquiatras. Foi tudo muito estranho no inicio. Era algo realmente diferente pra mim. Só que não foi fácil para, eu não queria mais vomitar, na intenção de chamar a atenção de um garoto comecei a acabar com minha vida. Comecei a ficar deprimida, eu não queria mais vomitar, mas também não conseguia parar, era como uma droga, eu via e sabia do mal que isso estava me fazendo, mas eu não conseguia parar ou dizer não, isso tudo era muito mais forte do que eu.

Depois de um bom tempo tentando me tratar consegui ficar 14 dias sóbria, sem forçar o vomito ou tomar remédios pra soltar o intestino, eu, mamãe e papai estávamos muito felizes. Mas alguns dias depois eu cai na tentação e tudo voltou, então tive que começar do zero mais umas vez. Então com paciência, calma, muito esforço, vontade e minha família ao meu lado pra me apoiar. Eu comecei a dar resultados, eu to a quatro messes sóbria, não é muito tempo mas pra mim é uma vitória. Eu tomo remédios e ainda passo com médicos psiquiatras, e é provável que eu ainda passe com eles ainda por muito tempo. O meu médico disse que a bulimia não é uma doença muito fácil de ser tratada, bulímica uma vez bulímica pra sempre, e sem o tratamento eu vou voltar ao que era antes e eu não quero isso, então eu to dando o melhor de mim para deixar os meus pais e a mim mesma orgulhosa.

Para as pessoas que pensam em fazer isso não façam, é algo que você se envergonha, é uma péssima escolha  você se sente muito fraca, realmente bem indefesa e com o passar do tempo você não tem mais controle, você se torna uma pessoa triste. E no final quando as pessoas a sua volta descobrem elas sofrem muito mais por você do que você mesma, então realmente nunca façam isso.


24 comentários:

  1. Também sou bulímica, já faz 15 anos, tenho 32 anos. Além disso sou diabética desde a adolescência. Não sei como estou viva ainda. Ninguem desconfia, é a pior coisa que existe... e estou sozinha nisso...nao confio em ninguem para conversar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha fiz um blog contando um pouco da minha história. To passando por isso, talvez podemos passar por isso juntas. Entra lá, vc conhece um pouco da minha história e a gente conversa. Você é muito bom vinda.
      http://de-gordinha-para-gostosinha.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Preciso de um ajuda.
    Tenho 34 anos e conheci uma garota fantastica de 22. Estamos saindo ha 4 meses e este feriado percebi que ela, apos comer, "passa mal".
    Mas eu ja sabia disto ha algum tempo e ela disse q era uma gastrite nervosa.. Mas ontem vi q ela forçava o vomito no banheiro... (ela esqueceu de trancar a porta).

    Quando vi, sentamos, conversamos e ela confessou que esta no começo disto tudo. (Agora lendo muita coisa sobre o assunto, comecei a duvidar q seja o comeco).

    O que devo fazer? Converso mais com ela, falo com a família, o que faco??

    me ajudem! Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Também sou bulimica tenho 12 anos preciso muito de Ajuda ano passado me chamavam de gordinha,agora virou um Habito comer e vomitar em seguida me ajude por favor ja tentei parar mais não consegui

    ResponderExcluir
  4. sou mae de uma filha que tem bulimia me ajuden ela esta tratanto com psiquiatra e psicoloca mas ela mente para o medico sera que um dia ela vai ficar boa, me ajuden

    ResponderExcluir
  5. tem alguen que teve bulimia e ficou totalmente curada me diga

    ResponderExcluir
  6. neste momento tambem tenho bulimia e ando a procurar ajuda o que dificel

    ResponderExcluir
  7. Gente.... to aqui esses comentários, mas as meninas que passam por isso assim como eu, devem imaginar.
    A comida pra mim é a melhor coisa do mundo, melhor que familia, que amigos, que namorado, melhor que tudoooooo.
    Eu entro em estado de extase quando estou comendo,é maravilhoso comer, comer e comer, mtooo, mas mto mesmo sentir o estomago lotar sem culpa, mas depois sinto akela saliva grossa e nao consigo nem engolir agua. é ai q bate o desespero. ficar com tudoooo aquilo que comi, é impossivel. prefiro a morte a ficar com toda aqela comida dentro de mim e vomitar é a unica solução.
    ja tive momentosd e ainda tenho d emta tristeza, qndo como pq me sinto mto triste e sozinha. é uma dor tao grande q sinto q só a comida consegue resolver.
    Faço, dança, natação e corrida 7 dias por semana. como corretamrente, mas há momentos q a gula é mais forte q eu. e é nesse momento que a comida vem em meu auxilio, comer uma caixa de bombons em 10 minutos é sensacional, ruim é ficar com aquilo tudo dentro de mim. gente é impossivel.
    Talvez seja um engano, vomitar nao pode causar tanto mal assim.
    As meninas que causam o vomito como eu, sabem bem do que estou falando.
    Apenas nao queremos engordar.
    simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, passo pelo mesmo problema, tem anos que tenho essa praga, comecei na adolescência e não consigo parar, o que é pior, meus dentes estão todos quebrados e não sei se há tratamento dentário para isso, estou desesperada. E todas vocês sabem como isso é ruim e vergonhoso, muito vergonhoso, não dá para contar para ninguém o que passamos. Se alguém souber o tipo de tratamento dentário postem aqui por favor.

      Excluir
    2. Sofro desse mal horrorendo há 12 anos, hj tenho 28... minha boca esta cheia de aftas doloridas, minhas glandulas do pescoço inchdas e minha mão com calos causados por provocar vomitos.. SOCORRO!!!!

      Excluir
  8. ola tenho 16 anos sabe eu sinto um pouco de vergonha de falar sobre esse assunto
    meu familiares sabe que eu estou com algum tipo de problema mais ninguém me ajuda de alguma forma, mais como eu como apenas 1 vez por dia e nada mais, não consigo ingerir nada pois tudo me da uma ancia de vomito horrível emagreci 6kg em uma semana... agora eu não estou conseguindo voltar a comer tentei de varias formas mais não consigo a ancia que eu sinto é horrível eu queria melhorar e a minha família fala que é frescura minha me ajudem o que eu faço?! estou com bulimia ou outra coisa?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, sinto muita que sua família não tenha tato suficiente pra te ajudar nesse assunto, eu penso que você esta com anorequicia , e isso pode ser altamente destrutivo, mas procure manter a calma, eu sei que se você pesquisou sobre o assunto, tem conciencia de que não está bem ,esse é o primeiro passo, se não conseguiu ajuda na sua casa, procure em outro lugar, na escola por exemplo, ou com outra pessoa em que você confie, procure textos sobre anorequicia, procure voltar a comer aos poucos, mas tente fazer algo.

      Excluir
  9. Olha Rafa, vc deveria procurar a ajuda de um médico, fazer exames, talvez vc não tenha bulimia, mas algum problema de desordem alimentar causado por stress, vale ressaltar que a iniciativa de obter ajuda tem que ser totalmente sua, bjinhos.

    ResponderExcluir
  10. # olá, tenho uma amiga que está passando por essa situação chata. eu já havia escutado sobre o assunto, mas ainda não tinha me aprofundado no mesmo, ate minha amiga me contar que sofria com a bulimia...
    fiquei muito preocupada e comecei a procurar na internet sites que falassem sobre isso, e encontrei este...e achei muito interessante e proveitoso...PARABÉNS ao criador dessa postagem.
    aaah meninas que ainda sofrem com bulimia, desejo que Deus cuide de cada uma de vocês, creio que logo serão curadas desses transtorno alimentar... tenham confiança em si mesma!

    ResponderExcluir
  11. #pessoal leem esse livro fala sobre isso "espelho nao mente" MT BOM!!!

    ResponderExcluir
  12. http://desvioseatalhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Desde de o começo desse peguei esse habito nojento , é o tipo de coisa que eu nunca achei que iria experimentar... ou sei lá é o tipo de coisa que você pensa que pode parar quando quiser, mas não é .Quanto mais o tempo passa , mais eu sinto que é difícil me livrar dessa, estou fazendo planos, porque eu tenho toda a conciencia de que isso está me afetando.Muito bom post vlw.

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho este poblema a uns 5 anos hoje tenho 22 mas ainda sofro dmais eu perdi muito pezo com isso antes de me cazar e como agora tive dois filhos resolvi a fazer novamente eu quando estou muito nervosa nao co sigo me segura invonluntariamente ja estou no banheiro gostaria de saber se nao existe um remedio p isso.

    ResponderExcluir
  15. Oi pessoal, gostei muito do post, me ajudou muito, eu tenho 18 e comecei com isso nesse ano mesmo, eu comecei com a intenção de parar um dia, mas não consegui e mas forte que eu, eu nunca contei pra ninguém exceto pro meu noivo, que começou a perceber que eu andava estranha mas agora ele quer contar pra minha família e tudo eles acham que eu estou de frescura, então to com medo de enfrentar isso tudo, pelo menos eu sei que tenho meu noivo...

    ResponderExcluir
  16. Tenho 15 anos, faz mais de dois anos que provoco o vômito frequentemente,mas há alguns meses o ato se intensificou, no começo eu o fazia pra manter o peso, mas acabei viciando na sensação de alívio que isso me traz, além de fazer quando não consigo lidar com meus sentimentos...
    Nesse momento minha mãe esta chorando, há dois dias eu entrei em colapso e quase pulei do parapeito, eu me esforcei muito pra não vomitar, mas não consegui ter força o suficiente.
    Isso REALMENTE não e uma coisa pra se orgulhar, preciso parar pela minha mae, tenho medo por ela...
    Obrigada

    ResponderExcluir
  17. Desde de 2012 tenho problemas com a bulimia... Tento sair dessa, mas sempre tenho recaídas, ninguém sabe que tenho isso, tmb tenho diabetes o que não ajuda muito. É uma doença difícil e solitária.. Sofrer em silêncio, não poder contar como se sente é ruim, muito ruim.

    ResponderExcluir
  18. Tenho começado com isso faz alguns messes, mas não e todas as vezes, eu tinha conseguido parar mas hoje mesmo eu não consegui me segurar. Estou comendo pouco,e minha família esta preocupada, eu so espero que eu consiga parar depois deste post, muito obrigada

    ResponderExcluir
  19. tenho 23 anos, comecei com 17. vomito todos os dias, não preciso mais forçar o vomito e so me abaixar no vaso e ele vem. não tenho mais forças pra lutar contra, tenho uma filha de 2 anos as vezes ela ve, tenho medo que ela aprenda a fazer isso. Me ajudem pelo amor de DEUS, não quero mais fazer isso, mas não consigo parar!!!!

    ResponderExcluir
  20. nao conheco ninguem com esse caso mas pelo pouco que li fiquei abismada o que o psicologico de uma pessoa e capaz de fazer com ela mesma ate onde entendi esse problema e psicologico mas com muitos agravantes serios, por isso pais prestem atençao em suas filhas pois o mundo de hoje a estetica influencia muito na vida da jovens. pais cuidem do bem mais precioso que DEUS lhes deu.

    ResponderExcluir

- Sua opinião é muito importante, mas não abuse com ofensas e etc ok?
- Se quiser que sigamos seu blog, deixe o link do mesmo aqui :)
beijos :*